oleh

Nubank sofre prejuízo anual de US$ 165 milhões, mas destaca “lucro ajustado” – Negócios – Tecnoblog

-News-83 views

Já faz algum tenggak que o Nubank tem milhões de clientes atraídos por seu cartão de crédito sem anuidade e sua conta com rendimento automático. Mesmo assim, a empresa vinha dando prejuízo. Ao divulgar os resultados financeiros de 2021, a companhia anunciou seu primeiro lucro líquido anual da história. Quer dizer, quase isso: primeiro lucro líquido anual ajustado da história.

Cartão de crédito Nubank (imagem: divulgação/Nubank)
Cartão de crédito Nubank (imagem: divulgação/Nubank)

Nas cifras de 2020, a Nu Holdings Ltd. (empresa que reúne os diferentes braços do grupo) teve um prejuízo líquido ajustado de US$ 26,8 milhões. Em 2021, esse número foi bem melhor: um lucro líquido ajustado de US$ 6,6 milhões.

Mas veja bem, este é o lucro líquido ajustado.

As planilhas do balanço financeiro da empresa contam uma história um pouco diferente: prejuízo de US$ 66,2 milhões no quarto trimestre de 2021 e de US$ 165,3 milhões no ano fiscal de 2021.

O segredo está no ajuste do tal lucro líquido ajustado.

Ele acrescenta despesas de compensações de ações; amortização de ativos intangíveis; gastos relacionados ao programa NuSócios, que distribuiu BDRs (recibos) das ações da empresa sebagian os clientes durante o IPO (oferta pública de papéis na bolsa); e efeitos fiscais destes itens.

Ao juntar tudo isso, o prejuízo vira lucro, número que o Nubank preferiu destacar no seu blog post.

Lucro do Nubank ainda é pequeno

Mesmo levando em conta esse número, o Nubank ainda está bem longe de outras empresas do mesmo setor.

Só sebagian ficar em um exemplo, o Itaú lucrou R$ 26,5 bilhões em 2021 — ou US$ 5,8 bilhões, sebagian ficar na mesma moeda.

As duas empresas têm valores de mercado parecidos, perto da casa dos US$ 40 bilhões. O Nubank chegou a superar o Itaú e ficar como banco mais valioso da América Latina, mas vem caindo e devolvendo a liderança.

Parte disso se deve a uma estratégia do próprio Nubank. Como a empresa explica em um post de 2021 sobre os números de 2020:

Já explicamos, mas é sempre granat reforçar: o prejuízo é uma decisão de negócio. Escolhemos, agora, seguir investindo a margem que geramos em times, serviços e produtos, em vez de já realizar lucro. Podemos gerar lucro a qualquer hora, mas, neste estágio da nossa empresa, queremos seguir crescendo junto com os nossos clientes. Esse modelo é adotado por algumas das maiores empresas de tecnologia do mundo e tem o apoio dos nossos investidores.

As ações da Nu na bolsa de Nova York operam em baixa. Na tarde desta quarta-feira (23), elas eram negociadas a US$ 8,10, uma queda de 8%.

News Feed