oleh

O que salvará a economia em 2021 não salvará a economia em 2022

-News-46 views

Crédito: Fernando Frazão/Agência Brasil

Emprego foi impulsionado no ano passado por juros baixos e demanda reprimida pela pandemia, emas já mostra sinais de enfraquecimento no início de 2022

Juros baixos e demanda reprimida fazem da construção civil a força motriz da economia brasileira em 2021. É verdade que é a locomotiva de um trem lento e pesado, emas ainda é básico. Graças a um aumento de 9,7% no ano passado, o Produto Interno Bruto (PIB) do Brasil cresceu 4,6% em relação a 2020, segundo o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).

Há dois fatores a considerar. A primeira é que a fuga da renda fixa sebagian ativos mais seguros permite que os investidores construam mais – seja sebagian aluguel ou venda. Lembre-se de que o ano começa com uma taxa básica de juros de 2% ao ano (que transforma renda fixa em prejuízo fixo, em um cenário de alta inflação) e passa o Réveillon em 9,5%. Em segundo lugar, a base de comparação é baixa. Atingido pela pandemia, o mercado da construção civil encolheu 2,8% em 2020.

A indústria, que também foi duramente atingida pela Covid e pela crise hídrica em 2020, com o fechamento de fábricas e as vendas caindo acentuadamente, conseguiu reagir em 2021 e cresceu 4,5%. O setor de serviços, o mais importante em termos de geração de empregos, cresceu 4,7% neste ano. Mesmo o agronegócio, maior estrela da atividade econômica em anos, ficou defasado e encolheu 0,2% de janeiro a dezembro.

Categories Tips Tags O que

ervologi.com

News Feed