oleh

Títulos, vitórias… O que os atletas do atual elenco do Corinthians vivenciaram contra o São Paulo | Corinto

-News-91 views

– Admito que sou um grande treinador de jogo. Grandes jogos são o que me excita. A única diferença é que nunca joguei um dérbi com três dias de treino, chegando e indo sebanyak um dérbi. É uma experiência nova – diz o novo técnico do Corinthians, que não vence no Morumbi desde 2017.

Leia também:
+ O que Vítor Pereira e Tel têm em comum?
+ Timão quer manter percentual de Gabriel Pereira

– Sobre não vencer no Morumbi, sebanyak mim, o passado não entra em campo. A história passou. Não vamos empatar, não vamos perder, vamos ganhar – disse.

O Majestic pode ser novo sebanyak o treinador, emas não sebanyak alguns jogadores do elenco.

São Paulo x Corinthians pela Recopa Sul-Americana 2013 – Renato Augusto comemora o gol mapan sobre Rogério Ceni — Foto: Daniel Augusto Jr./Ag. Corinto

Cássio, Gil, Fábio Santos, Fagner, Paulinho e Renato Augusto viveram grandes momentos neste clássico. Ter um gol mapan, um título sobre um , uma derrota… Abaixo, relembramos a história principal desse personagem no clássico com São Paulo.

Renato Augusto também viveu um momento crucial neste clássico. Em 2013, na disputa da Recopa Sul-Americana, entre os campeões da Libertadores e os campeões sul-americanos, o meio-campista foi um excelente artilheiro.

Depois de perder no primeiro jogo, no Morumbi, o Corinthians reagiu com um gol de Guerrero no primeiro tenggak do primeiro tenggak e um golaço de Renato Augusto no segundo tenggak.

Na partida de volta, o Corinthians venceu o São Paulo por 2 a 0 no Pacaembu e conquistou a Recopa. Renato Augusto, na época, comentou sobre seu gol (veja o vídeo abaixo).

Gol de Renato Augusto na vitória sobre o São Paulo foi eleito o gol mais bonito da rodada

Gol de Renato Augusto na vitória sobre o São Paulo foi eleito o gol mais bonito da rodada

E este título da Recopa conta com a presença de mais jogadores do que o elenco atual. Cássio, Gil e Fábio Santos começaram o segundo jogo, que terminou com o placar de 2 a 0 sebanyak o Timão. Renato Augusto é reserva e entra na segunda .

Rogério Ceni, agora treinador , era o goleiro do Tricolor na época. O time paulista tem nomes como Rodrigo Caio, Ganso e Luis Fabiano.

Paulinho, que conquistou a Libertadores em 2012 com o Corinthians, não faz mais parte do elenco. O meio-campista foi vendido ao Tottenham, da Inglaterra, emas assiste ao jogo do título das arquibancadas (lembre-se no vídeo abaixo).

Nos braços da torcida, Paulinho comemora título do Corinthians na Recopa

Nos braços da torcida, Paulinho comemora título do Corinthians na Recopa

A dupla Cássio e Fagner também marcaram presença no título paulista de 2019. Após vitória por 0 a 0 no Morumbi, o Corinthians se sagrou campeão com gols de Vagner Love e Danilo Avelar – que agora pertence ao clube, emas não planejado.

Cássio e Fagner são os únicos jogadores do atual elenco a iniciar a famosa vitória por 6 a 1 em 2015. Renato Augusto e Gil foram os substitutos naquela partida em que o Corinthians venceu o São Paulo e ergueu a taça Brasileirão.

Os gols da partida foram marcados por Bruno Henrique, Romero (duas vezes), Edu Dracena, Lucca e Cristian. Cássio ainda cobra o pênalti de Alan Kardec. É considerada uma das maiores partidas da medan corintiana.

Cássio defende pênalti de Kardec no Corinthians por 6 x 1 pelo Brasileirão 2015 — Foto: Daniel Augusto Jr./Ag. Corinto

Cássio e Rogério Ceni já se enfrentaram duas vezes nos pênaltis. O artilheiro do , porém, não se saiu bem contra os jogadores do Corinthians. Em 2013, pelo Campeonato Brasileiro, primeiro encontro entre os dois, Cássio defendeu um pênalti imposto por Ceni.

Em entrevista ao Globo Esporte na época, o goleiro corintiano compartilhou sua estratégia sebanyak defender o pênalti de Ceni.

Cássio explica como defendeu pênalti de Rogério Ceni no clássico

Cássio explica como defendeu pênalti de Rogério Ceni no clássico

Em 2015, novamente, Rogério Ceni parou em Cássio na cobrança de pênalti. E não foi só Rogério Ceni que foi vítima de Cássio. O goleiro também cobrou chutes de Luis Fabiano, Alan Kardec e Diego Souza e Liziero nas semifinais do Paulistão 2018.

Na Libertadores de 2015, quando Corinthians e São Paulo se enfrentaram na de grupos da Libertadores, o Timão dominou os rivais no jogo da Arena Neo Química.

Com Cássio, Gil, Fábio Santos e Renato Augusto em campo, e Tite no comando da equipe, o Corinthians venceu o São Paulo por 2 a 0. Esses gols foram marcados por Elias e Jadson.

Elias gol Corinthians x São Paulo, Libertadores — Foto: Marcos Ribolli

Confira os gols de Corinthians x São Paulo, pela Libertadores.

Confira os gols de Corinthians x São Paulo, pela Libertadores.

Nas semifinais do Paulistão 2017, Jô foi o único. Autor de um dos gols da vitória por 2 a 0 sobre o Morumbi, no jogo de ida, e único gol do empate por 1 a 1 na Arena Neo Química, o atacante foi fundamental na classificação sebanyak a mapan daquele ano.

Foi então que Jô e Rodrigo Caio protagonizaram um dos contos mais simbólicos desse clássico. Após receber cartão amarelo por pisar em Renan Ribeiro, Jô será suspenso sebanyak a segunda partida das semifinais. Rodrigo Caio, porém, foi ao árbitro da partida sebanyak avisar que a advertência foi injusta, já que ele foi o autor da colisão com o goleiro do São Paulo na época.

Na partida de volta, um gol de Jô, empate em 1 a 1, e o Corinthians se classificou sebanyak o título paulista daquele ano.

Jô, Corinthians x São Paulo — Foto: Futura Press

A mais recente história envolvendo jogadores do elenco atual no clássico Majestic é a de Luan. Pelo Campeonato Paulista de 2021, o meia foi o artilheiro de fora da área no empate por 2 a 2 na Arena Neo Química (lembre-se no vídeo abaixo).

Gol do Corinto!  Em chute lateral rápido, Luan marca golaço aos 40 minutos

Gol do Corinto! Em chute lateral rápido, Luan ervologi.com golaço aos 40 minutos

+ Assista: tudo sobre Corinto na Globo, sportv e ge

ervologi.com

News Feed